DOIS POR UM 2016
AGENDA CULTURAL
OURINVEST
PREVIDÊNCIA
INFORMATIVOS
CONVÊNIOS
REDES SOCIAIS

DESTAQUES
NOTÍCIAS E NOVIDADES

DESAFIO DA CESP EM 2016 É ADAPTAR CIA A SEU NOVO TAMANHO, DIZEM ANALISTAS
São Paulo, 28/03/2016 - A Companhia Energética de São Paulo (Cesp) precisa focar seus esforços em estabelecer uma nova estrutura, adaptada a seu novo tamanho, avaliam analistas que acompanham a empresa. Na última quinta-feira, a estatal paulista reportou um prejuízo líquido de R$ 363,6 milhões, resultado, principalmente, da baixa contábil das usinas de Ilha Solteira e Jupiá, no valor de R$ 581 milhões, depois que a companhia não conseguiu reconquistar as duas hidrelétricas em leilão realizado em novembro.


São Paulo cria comitês para atualizar Plano Paulista de Energia
Seis grupos estudarão o novo modelo energético paulista, que será apresentado em 2017


Funcesp encerra 2015 com retorno de 8,5%
Bem abaixo da meta de 16,65%


Planos de saúde coletivos devem se submeter às regras sobre abusos do CDC?
As operadoras de planos de saúde conseguiram aquilo que as instituições financeiras tentaram sem sucesso, que foi afastar a incidência do Código de Defesa do Consumidor aos seus contratos. Por incrível que possa parecer, decorre do disposto no art. 35-G da Lei 9.656/98 a aplicação subsidiária do Código apenas àqueles contratos estabelecidos ?entre usuários e operadores de produtos?.


CESP NÃO PARTICIPARÁ DO LEILÃO DAS USINAS DE JUPIÁ E ILHA SOLTEIRA
A Cesp está oficialmente fora do leilão a ser realizado na próxima semana no qual serão relicitadas 29 usinas hidrelétricas, incluindo as hidrelétricas de Jupiá e Ilha Solteira. A companhia tinha interesse em disputar os dois empreendimentos, ainda geridos pela estatal paulista, porém não encontrou parceiros interessados na formação de um consórcio nos moldes desejados por ela.


Leia Mais [+]
ECONOMIA E NEGÓCIOS

INSTITUTO ADECON

Av. Paulista, 2073 - Horsa I - 21º andar - Conjs. 2119 / 2120
(11) 3285-2887 / 3285-6844 | institutoadecon@institutoadecon.org.br